Os perigos do uso de anabolizantes

Você conhece os perigos do uso de anabolizantes? Certamente, sabe que são substâncias proibidas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária – ANVISA e usá-los em competições esportivas é fator eliminatório.

Chamamos de anabolizantes os esteróides androgênicos anabólicos. São substâncias completamente artificiais que exercem função hormônio-símile, ou seja, comportam-se de forma parecida com os hormônios naturais – geralmente, a testosterona.

No entanto, ao terem contato com os nossos sistemas, são recebidos como verdadeiros alienígenas no corpo humano. Afinal, não contam com nenhuma semelhança com os hormônios naturais ou seus respectivos receptores.

Ou seja, quando uma molécula artificial como a do anabolizante entra em contato com o organismo, gera um efeito farmacológico e anti-fisiológico no corpo da pessoa.

Vamos entender melhor os perigos do uso de anabolizantes?

Leia também: Como os psicobióticos atuam no tratamento da depressão

Como funcionam os anabolizantes?

As moléculas dos anabolizantes penetram diretamente no núcleo das células e alteram os processos metabólicos conforme estipulados pelo DNA. Assím, os músculos passam a absorver ainda mais as proteínas recebidas.

Os anabolizantes também tem o poder de bloquear a ação do cortisol no tecido muscular, fazendo que os treinos tenham alto rendimento. Essas características favorecem o anabolismo, que é um processo natural do corpo fazer a síntese de moléculas complexas a fim de produzir energia.

Os processos de catabolismo são desfavorecidos, ou seja, as moléculas complexas não serão usadas pelo corpo para produzir energia. Parece o sonho de qualquer um que deseja aumentar a massa muscular, porém, oferece riscos que não valem a pena.

Efeitos colaterais dos anabolizantes

São diversos os perigos do usi de anabolizantes, alguns deles são severos e até irreversíveis. Entre os que atingem ambos os sexos, estão as doenças cardiovasculares, as alterações no humor, o fim prematuro da fase de crescimento em usuários jovens e problemas com a pressão arterial.

Vale também listar que são prejudicados os processos de recrutamento de energia, aumento da resistência à insulina, hiperglicemia, lipogênese, inflamação, catabolismo levando à sarcopenia, perda de massa óssea, distúrbios sistêmicos, imunológicos, hepatorrenais, além daqueles sexuais específicos.

Conheça os mais comuns de acordo com o sexo.

Perigos do uso de anabolizantes para homens

  • Ginecomastia (desenvolvimento de mamas);
  • Atrofia dos testículos;
  • Infertilidade.

Perigos do uso de anabolizantes para mulheres

  • Virilização potencialmente irreversível;
  • Mamas atrofiadas;
  • Hipertrofia do clitóris;
  • Aumento de características masculinas, como pêlos e voz grossa.

Achou pouco? Bem, uma das consequências mais graves, e vale para homens e mulheres, é o organismo parar de produzir os próprios hormônios de forma natural. Ora, se os receptores estão acostumados a todo o momento a receber o hormônio artificial, chega o momento em que inicia o processo chamado supressão endógena.

Diga não aos anabolizantes

Sabendo de todos esses efeitos colaterais, você ainda tem coragem de sacrificar sua saúde em prol de resultados ilusórios? Fique consciente dos perigos do uso de anabolizantes e passe longe deles! Não valem a  sua saúde e bem-estar.

Aposte em um estilo de vida saudável, com dieta balanceada e exercícios físicos regulares, sempre respeitando os limites do seu organismo. Sua saúde e sua auto-estima agradecem!

Espero que este artigo seja eficiente em alertar sobre os perigos do uso de anabolizantes.

Até a próxima!

Dr. Ítalo Rashid

Fechar Menu