O que é síndrome do intestino hiperpermeável?

Você já ouviu falar na síndrome do intestino hiperpermeável?

Esse diagnóstico tem crescido muito nos consultórios. A condição está relacionada a uma evolução da disbiose intestinal, que é o desequilíbrio das funções intestinais.

O intestino hiperpermeável é uma condição em que a proteção natural do intestino é desestabilizada. Isso ocorre porque o intestino é uma das principais proteções do organismo.

Para simplificar, pense na estrutura intestinal como uma peneira. Um intestino saudável conta com arestas bastante unidas, bem fechadas. Na síndrome do intestino hiperpermeável, essas arestas distanciam-se.

Com essa distância, o intestino acaba “solto”, com o escape de elementos que não deveriam. Essa condição excessivamente incômoda traz alguns sintomas que não podem ser ignorados.

Continue até o final para entender o que é síndrome do intestino hiperpermeável, quais os seus sintomas e como tratar.

Sintomas da síndrome do intestino hiperpermeável

Um paciente com essa síndrome apresenta diversos sintomas desagradáveis. Afinal, a principal característica da doença é a inflamação da mucosa intestinal.

Quero frisar a importância dos sintomas porque sei o quanto esses incômodos costumam ser silenciados com medicamentos. Dessa forma, diversas pessoas podem sofrer com a síndrome sem sequer suspeitar.

Seguem os principais sintomas da síndrome do intestino hiperpermeável.

Cólicas abdominais – Em especial quando ocorre de forma recorrente e bastante dolorosa.

Depressão e ansiedade – Como o intestino conta com suas próprias ligações nervosas e é responsável por 90% da produção da serotonina, também conta com impacto nas emoções.

Alteração nas funções intestinais – Se o paciente conta com quadros de constipação e diarreia frequentes, pode ser um forte indício.

Problemas de pele – Quadros de acne, psoríase e alergias podem ter relação com os problemas intestinais.

Excesso de indisposição – Também pode estar relacionado com essa condição.

Leia também: Psicobióticos no tratamento da depressão: como funciona?

Como tratar?

Essa síndrome precisa ser tratada para que o paciente restabeleça o seu equilíbrio do organismo e seu bem estar geral.

O tratamento costuma ser bastante particular para cada caso. No entanto, a maior parte deles conta com ajustes na alimentação e suplementação.

O objetivo é restabelecer a microbiota intestinal, responsável pela defesa do organismo. Pode ser que o tratamento consista em retirar alguns alimentos que possam desencadear reações alérgicas. Afinal, alguns dos riscos da síndrome do intestino hiperpermeável é a evolução para quadros de infecção, fibrose cística, artrite reumatóide, eczema, entre outras patologias.

No geral, procurar o auxílio de um especialista que realize uma avaliação global da sua condição é essencial. Como costumo dizer, o ideal é que diante de dúvidas ao abordar o tratamento para qualquer doença, comece procurando as respostas pelo intestino.

Eu espero que este artigo seja útil a você para entender sobre a síndrome do intestino hiperpermeável.

Até a próxima!

Recolher >>