11855913_504170699742206_8964717970064296114_nConsumo de chá verde ajuda a controlar a glicose | Parte 2: Bebida é rica em polifenóis

Um aliado milenar da saúde: assim, pode ser descrito o chá verde. Diversos estudos científicos já mostraram que a bebida pode proteger o organismo de várias doenças, como o Alzheimer e o câncer. O segredo dos benefícios está nas substâncias que previnem o envelhecimento precoce das células do corpo. E resultados de uma metanálise descritos em um artigo publicado no periódico The American Journal of Clinical Nutrition mostraram que o consumo do chá verde promove também importantes benefícios metabólicos para pacientes com diabetes tipo 2.

Segundo a nutróloga Maria Fernanda de Castro (CRM-SP 59300), professora da Universidade de Campinas (Unicamp), a metanálise comprova os grandes benefícios da bebida, rica em substâncias que também previnem o envelhecimento precoce das células. “O chá verde contém catequina, um fitonutriente da família dos polifenóis, substância que é antioxidante; flavonoide que tem ação vascular; cafeína, que ajuda a melhorar a parte cognitiva e cardíaca, além de vitaminas B, C e K”, conta a especialista.

De acordo com a nutróloga, o chá verde é obtido a partir de uma planta chamada Camellia sinensis, que contém mais de 200 compostos, sendo os mais conhecidos e abundantes os polifenóis. “Os polifenóis do chá verde podem desempenhar efeitos benéficos em várias condições clínicas, sendo que as mais estudadas e caracterizadas estão relacionadas ao câncer, ao sobrepeso e à obesidade e doenças cardiovasculares”, diz a especialista, que ressalta ainda que a bebida é indicada para dietas de emagrecimento, pois acelera o metabolismo.

——

Confira essa e outras matérias completas acessando o link:
http://revista.longevidadesaudavel.com.br/